Linha 4 Metrô

Estação Pinheiros da Linha 4 Amarela terá mais 8 escadas rolantes

Estação Pinheiros da Linha 4 Amarela
Estação Pinheiros da Linha 4 Amarela

Quem mora ou trabalha na Zona Sul de São Paulo com certeza já teve que usar a Estação Pinheiros da Linha 4 Amarela e suas famosas escadas rolantes ao longo dos seus 31,25 m de profundidade.

Antes da inauguração do horário integral da Linha 5 Lilás em outubro de 2017, a Estação Pinheiros era única responsável pela integração com as outras linhas do Metrô, no centro de São Paulo, dos passageiros que vinham do extremo Sul de São Paulo, tanto pela Linha 9 Esmeralda quanto pela Linha 5 Lilás.

Com a implantação da Fase II da Linha 4 Amarela (Luz – Vila Sônia), o Metrô realizou um estudo que foi verificada a necessidade de instalar escadas rolantes adicionais.

Da estações da Fase II temos a Estação São Paulo Morumbi que passou a funcionar em horário integral em outubro do ano passado e a Estação Vila Sônia que está prevista para 2020. E há ainda planos de ir até Taboão.

Estação Pinheiros

Mesmo com a nova alternativa de chegar ao centro usando a Linha 5 Lilás, a Estação Pinheiros da Linha 4 continua tendo um fluxo intenso de passageiros. É notável o acúmulo de passageiros para “embarcar” na escada rolante.

De acordo com o Metrô, “o estudo desenvolvido se baseia em informações operacionais e leva em consideração projeções de demanda, com a implantação da Fase II da Linha 4 Amarela e simula cenários que impactam na Estação Pinheiros, como a integração da Linha 9 Esmeralda da CPTM“.

A ideia é que sejam instaladas 8 escadas rolantes adicionais.

Há de se notar que a Estação já foi projetada e construída para essa expansão. Vejam os espaços reservados para as novas escadas rolantes:

Estação Faria Lima

A Estação Faria Lima também contará com novos equipamentos:

“Com relação a Estação Faria Lima o estudo aponta a necessidade da instalação de 1 Elevador e 1 Escada Rolante, considerando o fluxo de usuários, com destaque para portadores de necessidades especiais, que se dirigem ao CREA, sendo que 67% dos usuários desta estação utilizam este acesso da estação”

Prazos

De acordo com o Metrô a estimativa é que o edital de licitação seja publicado em março de 2019. O prazo de fabricação estimado é de 12 meses, após assinatura do contrato.

O Metrô, sendo proprietário da linha, ficará responsável pela compra e a concessionária ViaQuatro, responsável pela manutenção.

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

7 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??