CPTM Linha 13

Serviço Connect da Linha 13 Jade da CPTM também fica para agosto

estação-aeroporto-linha-13
Estação Aeroporto-Guarulhos (GESP)

Conforme noticiamos recentemente, a promessa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) era inaugurar o Serviço Connect da Linha 13-Jade em julho. Mas a inauguração teve que ser adiada por mais um mês. Assim será inaugurado junto com o Expresso Aeroporto.

Nesse serviço serão realizadas viagens com 2 composições entre a Estação Brás e a Estação Aeroporto-Guarulhos nos horários de pico, sem a necessidade de baldeação na Estação Engenheiro Goulart.

Ele parada em todas as estações para embarque e desembarque e o valor da tarifa será o mesmo do trem metropolitano, que hoje custa R$ 4. O trajeto terá cerca de 35 minutos e inicialmente o intervalo está programado para 40 minutos entre os trens.

Contatamos hoje a assessoria de imprensa da CPTM para saber se já existe uma data prevista de inauguração do Serviço Connect e recebemos a seguinte nota:

“A partir de agosto, a Linha 13 terá dois novos serviços: o serviço CPTM Airport-Express, que vai operar sem parada para embarque e desembarque, entre as estações Aeroporto-Guarulhos e Luz. O percurso será realizado em cerca de 35 minutos e os trens partirão em 4 horários programados nos dois sentidos. O valor da tarifa será de R$ 8,00.

Já o Connect terá viagens entre as estações Brás e Estação Aeroporto-Guarulhos nos horários de pico, sem a necessidade de transferência na Estação Engenheiro Goulart. Neste serviço, o trem para em todas as estações para embarque e desembarque e o valor da tarifa será o mesmo do trem metropolitano, que hoje custa R$ 4. O prazo anterior divulgado era de julho e foi postergado devido ao atraso da empresa Siemens na execução do sistema de sinalização. A CPTM está aplicando multas à Siemens, previstas em contrato.”

Novos trens

Os novos trens chineses com bagageiro só estarão disponíveis no final de 2019 ou início de 2020.

Conclusão

Novamente a sinalização é motivo de atraso. Na Linha 5 Lilás do Metrô, a sinalização também causou atrasos na inauguração da Estação Moema.

Na CPTM foi a Siemens, no Metrô foi a Bombardier. Será que a fusão da Simens com a Alstom vai trazer alguma melhoria na execução dos projetos de sinalização?

O mês de agosto será cheio de inaugurações. Aguardemos!

Atualização em 20/07:

A assessoria de imprensa da Siemens nos contatou e nos passou a seguinte nota:

“Estamos cientes das noticias publicadas e (estamos) trabalhando junto com a CPTM para a regularização de quaisquer pendências o mais rápido possível”

 

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

5 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??