Linha 5 Metrô

Metrô recusa cronograma da Bombardier das portas de plataforma da Linha 5 Lilás

Portas de plataforma da Estação AACD-Servidor da Linha 5 Lilás - Bombardier Metrô
Portas de plataforma da Estação AACD-Servidor da Linha 5 Lilás

Divulgamos recentemente as informações do cronograma da implantação das portas de plataforma (PSD) da Linha 5 Lilás.

Na época, o Metrô, via lei de acesso à informação (LAI) comentou sobre o a definição do cronograma com a Bombardier: “a estimativa é que no prazo de até 30 dias as datas estejam definidas”

Esperamos 40 dias e então pedimos novamente o cronograma detalhado e o Metrô respondeu:

O cronograma apresentado não atende às datas marco estabelecidas do contrato. Foi solicitado uma reprogramação junto à Bombardier com base na produtividade apresentada na estação AACD-Servidor.

Estação AACD-Servidor

Quem segue o Ferroviando em nossas redes sociais, sabe que diariamente acompanhamos a evolução dos trabalhos das PSD da Estação AACD-Servidor da Linha 5 Lilás.

Listamos aqui algumas datas dos nossos acompanhamentos:

  • 7 de dezembro de 2018: início do corte da borda de plataforma 1 (P1)
  • 4 de fevereiro de 2019: início da instalação dos postes metálicos (P1)
  • 18 de fevereiro de 2019: início da instalação das travessas dos painéis superiores na P1 (header boxes)
  • 23 de fevereiro de 2019: início da instalação dos painéis superiores na P1
  • 1 de março de 2019: início da instalação das soleiras na P1
  • 12 de março de 2019: início da instalação das portas deslizantes na P1
  • 19 de março de 2019: início do corte da borda de plataforma (P2)
  • 19 de março de 2019: término da instalação das portas deslizantes da P1
  • 26 de março de 2019: início da instalação dos postes metálicos (P2)

Prazo estimado

Vale notar que na licitaçãodas portas de plataformas das Linha 1 Azul, 2 Verde e 3 Vermelha, o prazo estimado pelo Metrô para instalação de PSD por plataforma é de 2 meses. De acordo com o Metrô esta estimativa foi calculados com base na disponibilidade de acesso a plataforma após o horário comercial, que será da 01:30 às 3:45 da madrugada (25 horas semanais para execução do trabalho)

Pelos datas listadas acima, os trabalhos apenas na plataforma 1 da Estação AACD-Servidor já passam de 4 meses. Mas a diferença entre ambas é o sistema de montagem.

Na Linha 5 Lilás as portas são montadas in-loco, parte por parte. No contrato em licitação a montagem é modular. Ou seja, a PSD já chega pronta na plataforma e é feita basicamente sua fixação e conexão.

O Metrô não informou que base de comparação usou para questionar a produtividade. Na minha humilde opinião não é possível comparar a produtividade com sistemas de montagem diferentes – não que tenha sido feita essa comparação, apenas faço uma observação.

Outras estações da Linha 5

Poderia ser mais rápida a instalação na Linha 5 Lilás? Sim! Deve!

Das estações novas – que já tem reforço na borda de plataforma – ainda faltam: Alto da Boa Vista, Borba Gato, Eucaliptos, Moema, Chácara Klabin e Hospital São Paulo (essa já foram iniciados os trabalhos da PSD). Nas antigas ainda tem todo um trabalho de reforço da borda de plataforma.

Mas lembrem-se que o acesso a plataforma em uma linha já em operação é restrito. Basicamente são 2.5 horas de trabalho. Sendo que – estimo eu – uns 30 minutos são para a “mobilização” e “desmobilização” dos trabalhos, afinal a plataforma tem que estar pronta e limpa para a operação.

Assim, a única alternativa que a Bombardier tem, é contratar mais recursos para trabalhar nessa janela de tempo.

Talvez, também, até iniciar a instalação em várias estações ao mesmo tempo. Afinal hoje praticamente só temos trabalhos em AACD-Servidor e um início de marcação da borda em Hospital São Paulo.

E ai Bombardier? Como resolvemos isso?

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

2 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??