Linha 5 Metrô

Linha 5 Lilás recebe licença ambiental da extensão até o Jardim Ângela

Expansão futura do Metrô com base no plano plurianual de 2020 a 2026

A promessa é antiga, muitos não acreditam, mas a extensão da Linha 5 Lilás até o Jardim Ângela ainda está nos planos do Metrô.

Recentemente noticiamos em primeira mão o plano de estender a Linha 5 Lilás até o Ipiranga e citamos brevemente a extensão até o Jardim Ângela. Hoje trazemos um pouco mais de informações

Foi publicado hoje no Diário Oficial que a CETESB concedeu ao Metrô a licença ambiental prévia (LP), do trecho Capão Redondo – Jardim Ângela, com validade de 5 anos.

Isso demonstra claramente que a extensão está em fase de planejamento pelo Metrô. As próximas etapas das licenças seriam pedir a Licença de Instalação (LI) – que autorizar o início da obra, e posteriormente a Licença de Operação (LO), que como o nome diz, autoriza a operação da linha após a obra ser concluída.

Mas até o pedido de Licença de Instalação ainda há um longo caminho pois o projeto funcional – explicamos seu conceito aqui – está sendo revisado.

Jardim Ângela

A promessa da extensão até o Jardim Ângela também foi feita pelo então candidato ao Governo de São Paulo, hoje Governador João Doria.

Na extensão estão previstas três novas estações: Jardim Ângela, Comendador Sant’Anna e M’Boi Mirim.

Piscinão

Na região também, pretende-se construir um piscinão e a canalização do córrego do Morro do S. Mas com os remanejamentos da Prefeitura para pagar os subsídios aos ônibus e os custos da licitação que está desde 2013 em andamento, talvez não veremos esse piscinão tão cedo.

Não sabemos se com isso poderá haver um impacto na forma como será a extensão da Linha 5 Lilás, se continuará a ser em elevado ou não.

Há também o córrego dos Freitas que será canalizado num trecho de 3,5 km e a construção de um outro um piscinão, esse com capacidade de reservação de 50 mil metros cúbico.

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

10 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

  • Mas até operar as novas estações vai mudar algo né? Por ex. Intervalos dos trens ,velocidade ,consequentemente mais trens, pois do jeito que tá já fica difícil embarcar na estação Giovanni Gronchi nos horários de pico, depois da estação Santo Amaro/largo 13 é que fica mais suave.

  • Parece ser uma boa notícia mas não é. Na revisão do Plano Diretor Estratégico – PDE em 2014 houve o consenso de que a cidade precisa ser adensada em torno dos eixos estruturantes já existentes como corredores de ônibus, linhas de metrô e principalmente o centro da cidade. Com a aproximação das pessoas de seus locais de trabalho a cidade economiza em infraestrutura e mobilidade impactando ainda positivamente na recuperação das matas que foram perdidas para o espraiamento da mancha urbana e hoje estão degradando o meio ambiente urbano. Com a extensão até o Jd. Angela o metrô está apenas contribuindo para atrair mais construções aumentando ainda mais a mancha urbana da metrópole e a degradação ambiental.

    Outra coisa que chama a atenção é a canalização de córregos. Não ficou claro como será essa canalização e porque tem que ser feita nem se será acompanhada do programa Córrego Limpo da Sabesp.

      • Esse metrô Jardim Ângela e do Taboão dA Serra é o mesmo caso o metrô não vai ter interesse em levar para essas regiões o metrô que levar pra bairros nobres.

        Será que já tem algum vídeo do metro do Jardim Ângela

    • Francamente.Sr. Rogerio. Sua Opinião totalmente egocêntrica. Você deve morar em um ótimo local, bem valorizado, com infraestrutura e mobilidade urbana e acha que a periferia é o seu quintal e por ser seu quintal , temos obrigação de ser seu cinturão verde….vem pra favela e diz em alto e bom som que não podemos ter metro….só por causa do seu eixo estrutural….Que os vereadores que aparecem a cada quatro anos nos enganando com como se fosse o “Messias periférico suburbano” mudem o plano diretor da cidade ….Queremos sim o que você chama de” Adensamento” em nosso bairro….Aqui nós dizemos que o comércio vai bombar na região.

  • Olá Fernando, tudo bem! Primeiramente, parabéns pelo pioneirismo do Ferroviando acerca das informações dos transportes sobre trilhos. Agora irei para os comentários. É um absurdo esse PSDB inventar tantos projetos se mal conclui linhas que estão ai. A linha 6 laranja e 2 verde estão com praticamente toda a desapropriação feita e não se fala em tocar as obras; a linha 18 bronze tem o consórcio e o dinheiro e nada de desapropriações. Acho uma vergonha se acreditar ainda no PSDB. O ferroanel sairá graças ao Bolsonaro. Torcer para que em 2022 São Paulo faça uma escolha de um governador decente para, quem sabe, acontecer uma expansão verdadeira do metrô e não meros gatos pingados apenas para marketing eleitoral.

    • Obrigado. As áreas de planejamento e obras trabalham separadamente. O planejamento já está pensando em 2040 e está certo. Tem que ir planejando linhas com base na pesquisa origem e destino. Planejamento demora. Se for esperar uma obra ficar pronta para planejar outra, nossa malha não crescerá. Temos que agilizar as obras para que planejamento e obras fiquem em sintonia.

      • Fernando, acho um descaso não se planejar uma linha que ligue o Jardim Ângela ao centro da cidade, percorrendo pela estrada do M Boi Mirim, avenidas Guarapiranga, Vitor Manzini, Washington Luis, Moreira Guimarães, Rubem Berta e 23 de Maio. Tal região possui uma demanda muito grande por transporte, e São Paulo precisa pensar grande em transporte e, além disso, é uma melhor possibilidade de ligação sem sobrecarregar as demais linhas.
        Tenho certeza de que os departamento de planejamento do Metrô é excelente; pena que os governantes só pensam em si e não no desenvolvimento do estado.

  • Boa Noite :

    nas Paginas das Estações Santa Cruz e Chacara Klabin no Site do Metrô, não Foram Atualizadas.
    era para Adicionar a Bolinha da Linha 5 Lilas e o Logotipo da ViaMobilidade.

    Era Pra Ser Assim :

    Estação Santa Cruz : Linha 5 Lilas (ViaMobilidade) – Linha 1 Azul do Metrô
    Estação Chacara Klabin : Linha 5 Lilas (ViaMobilidade) – Linha 2 Verde do Metrô

    Obrigado.

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??