Ferrovias

Ferroanel será construído em 48 meses

Ferrovia (EPL)

Foi assinado hoje no Palácio dos Bandeirantes o protocolo de intenções entre o Governo Federal e o Governo do Estado de São Paulo para a construção do Ferroanel Norte. A União pretende investir R$ 3,5 bilhões no Ferroanel.

Esse protocolo representa a aliança do Governo Federal com o Governo do Estado em menos de 30 dias. É o aproveitamento de uma grande oportunidade que é a prorrogação antecipada dos contratos de concessão de ferrovias para a viabilização de investimentos importantes”, comentou o Ministro Tarcísio Freitas.

A ideia é que em até 45 dias seja aberta a consulta pública referente ao aditivo da concessão da ferrovia federal à MRS Logística por mais 30 anos. A meta é assinar o aditivo ainda este ano e a outorga será destinada, pela União, exclusivamente ao transporte férreo.

Depois de 45 anos de debates, o Ferroanel, em São Paulo, com o apoio do Governo Federal vai se materializar”, ressaltou o Governador João Doria

E complementa: “será uma das grandes obras do país cujo início será ainda esse ano, ou seja, já em março a expectativa é que possamos anunciar a data do início da obra. Mas com certeza absoluta com início neste ano. O prazo de execução é de 48 meses a contar a data efetiva do seu início. A previsão de movimentação de carga é de 67 milhões de toneladas/ano até 2040. O dobro do que é hoje”

Em julho de 2018 o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) aprovou que a concessionária, a MRS Logística, investisse cerca de R$ 5 bilhões na construção do trecho norte do Ferroanel, como contrapartida pela renovação da concessão.

Agora é aguardar a conclusão do projeto de engenharia do Ferroanel que conforme publicamos está em seu 7º aditivo.

Licença Ambiental

No último dia útil de dezembro de 2018 foi publicado no Diário Oficial que a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) concedeu para Empresa de Planejamento e Logística (EPL) a licença ambiental prévia do Ferroanel Norte.

Licença Ambiental Prévia Ferroanel

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

16 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??