Ferrovias Governo

Projeto de Engenharia do Ferroanel Norte adiado pela 7ª vez

Ferrovia (EPL)

Em 2015 foi assinado um termo de compromisso entre a Empresa de Planejamento e Logística S.A. (EPL) e Desenvolvimento Rodoviário S/A (DERSA) para elaboração do projeto de engenharia do Ferroanel Norte. Desde então ele vem sendo postergado sendo que o novo prazo para conclusão é março de 2019.

O Ferroanel Norte será um ramal ferroviário de 53 quilômetros de extensão e sua implantação possibilitará que os trens de carga que hoje compartilham os mesmos trilhos com os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) sejam desviados.  Com isso a liberação dos trilhos atuais para uso exclusivo da CPTM permitirá a redução do intervalo entre os trens, a implantação de novos sistemas de sinalização e melhoria das estações ferroviárias – dentre elas a redução do vão entre o trem e a plataforma sem utilizar borrachões.

O traçado do Ferroanel começa na Estação de Perus, em São Paulo em área contígua ao traçado do Rodoanel chegará a Estação Manoel Feio, em Itaquaquecetuba. Com isso permitirá a movimentação de cargas do interior do Estado para o Porto de Santos e a passagem de comboios entre o interior e o Vale do Paraíba.

Vejam detalhe do traçado abaixo. Para esclarecimento OAE são Obras de Arte Especiais tais como pontes, viadutos e túneis.

Traçado do Ferroanel Norte

Prazos

Desde que foi assinado o termo de compromisso em abril de 2015, o termo de compromisso vem sendo aditado sempre que chega próximo da data de fim de vigência. Esse 7º aditivo foi publicado hoje no Diário Oficial

Assim o novo prazo para conclusão é 17 de março de 2019:

Aditivo Ferroanel Norte

Construção

Em julho de 2018 o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) aprovou que a concessionária, a MRS Logística, investisse cerca de R$ 5 bilhões na construção do trecho norte do Ferroanel, como contrapartida pela renovação da concessão.

Não há previsão oficial para a renovação da concessão.

Bônus

Vídeo da DERSA detalhando o traçado. Nele é possível ver os locais que serão paralelos ao Rodoanel.

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

3 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??