CPTM Linha 9

Estação João Dias da Linha 9 da CPTM será construída pela Tegra Incorporadora

estacao-joao-dias-render
Brookfield Towers - atual Tegra (divulgação)

Em março de 2019, a CPTM divulgou no Diário Oficial o chamamento para elaboração de projeto executivo e construção da Estação João dias.

De acordo com a CPTM, “a Tegra Incorporadora propôs doar os direitos sobre um terreno anexo à estação para implantação dos acessos ao local e arcará com os custos da construção estimados em R$ 60 milhões.  A incorporadora tem interesse no investimento porque a estação de trens facilitará o acesso às duas torres corporativas que possui próximas ao local”.

No anuncio foi explicado que a Tegra já elaborou o projeto executivo da nova estação em cooperação com a CPTM. A estação contará com uma entrada dentro do empreendimento da incorporadora e uma entrada principal na pista local da Marginal Pinheiros.

O prazo previsto de execução é de 37 meses e a demanda estimada é de cerca de 10.500 mil usuários por dia útil.

De acordo com o chamamento, outras empresas tinham até o dia 5 de abril para apresentar propostas nas mesmas condições.

Perguntamos ontem para a CPTM se foi apresentada alguma proposta e recebemos hoje a resposta:

A CPTM é a primeira empresa do Estado a construir uma estação do sistema metroferroviario por meio de modelo de parceria com empresa privada. A Tegra Incorporadora propôs construir a estação João Dias, na Linha 9-Esmeralda, e doá-la ao Governo do Estado. A CPTM realizou chamamento público, com prazo para 5 de abril, para que outras empresas apresentassem propostas, mas não houve interessados. Assim, a CPTM dará prosseguimento ao empreendimento com o único grupo que já apresentou proposta. Atualmente, a CPTM finaliza os documentos necessários para solicitar as licenças ambientais junto à CETESB, sem as quais a obra não pode ser iniciada.

Estação João Dias

Ela ficará praticamente no meio do trecho entre as Estações Santo Amaro e Granja Julieta. A 500 metros da ponte João Dias, na Marginal Pinheiros sentido centro.

No trecho atual é possível percorrer a 90 km/h. Alegria que durará pouco tempo com a nova estação.

Essa será a 3ª nova estação da Linha 9 Esmeralda. Atualmente está em construção a Estação Varginha e a Estação Mendes-Vila Natal.

Fases de implantação

Confira em detalhes as fases de construção da Estação João Dias e o reposicionamento provisório das vias.

  1. Remanejamento das interferências
  2. Implantação da rede aérea
  3. Desvio provisório das vias na direção da ciclovia (nota do blog: possível interdição)
  4. Construção da plataforma da estação onde ficavam as vias
  5. Reposicionamento das vias nos eixos definitivos (via sentido Grajaú para posição original e via sentido Osasco fazendo uma leve curva ao redor da estação)

Reposicionamento provisório das vias para construção da plataforma

Disposição final das vias:

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

5 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??