CPTM Linha 8 Linha 9

Em NY, Doria apresenta concessão das Linhas 8 e 9 da CPTM e Trem Intercidades

Série 7000 na Linha 9 Esmeralda
Série 7000 na Linha 9 Esmeralda da CPTM (Jean Carlos)

Desde ontem (10), o Governador João Doria está Nova York, nos Estados Unidos para participar de eventos e encontros com investidores e empresários. Dentre os vários projetos de concessão apresentados estão a concessão da Linha 8 Diamante e Linha 9 Esmeralda da CPTM. E o Trem Intercidades até Americana.

Na apresentação realizada hoje e que tivemos acesso é feita uma breve apresentação do Estado de São Paulo:

“Cerca de 25% do fluxo comercial do Brasil passa pelo estado de São Paulo, concentrando 34% da indústria de transformação do país e R$ 2 trilhões de PIB (Produto Interno Bruto). Em constante inovação, a maior e melhor infraestrutura rodoviária do país, maiores portos e aeroportos da América Latina, São Paulo está de portas abertas para receber os parceiros da iniciativa privada para o desenvolvimento de novos projetos e serviços.

O Estado de São Paulo é um gerador de investimentos. Neste momento, são 21 projetos desestatizantes com concessões e parcerias público-privadas nas áreas de infraestrutura e mobilidade urbana, aeroportos, segurança, parques e entretenimento. Todos contam com estudos específicos para garantir a melhor modelagem possível aos parceiros e à população. Esta é uma grande vitrine do que temos de melhor.

Com mão de obra qualificada, vinda das universidades públicas e das escolas e faculdades tecnológicas estaduais, São Paulo possui rede de startups e fintechs. Oferecemos o ambiente ideal, alinhado a uma carteira de projetos bem estruturados para a promoção dos investimentos. Conheça nossas oportunidades. O melhor momento para investir em São Paulo é agora.”

Diz que “o Estado de São Paulo é a 21ª economia do mundo” e apresenta alguns números e informações. Destaque para “Maior e Melhor Rede Metroferroviária do Brasil

Sobre o Programa de Parcerias no estado é apresentado um sumério geral. Destaque para a quantidade de projetos de Transporte e Mobilidade: 52%

Linhas 8 e 9 da CPTM

Um dos projetos, é a concessão das duas linhas da CPTM. Não é novidade que elas seriam concedidas.

No slide, mostra que o Governo pretende investir R$ 580 milhões, investimento esse que é a extensão da Linha 9 Esmeralda até Varginha como fizemos a cobertura hoje no início das obras da Estação Varginha.

Já a futura concessionária terá de investir R$ 2.5 bilhões.

Destes, R$ 1,5 bilhão devem ser investidos com obras civis de modernização, como estações, vias permanentes, passarelas e passagens em nível

E R$ 1 bilhão em modernização de sistemas e infraestrutura de operação, como sinalizações, vias permanentes, sistemas elétricos e de telecomunicações

De acordo com a apresentação os benefícios esperados são:

  • Melhorias nas estações, propiciando maior conforto e segurança ao usuário
  • Implantação de um novo sistema de sinalização, aumentando a segurança do usuário (nota: Linha 9)
  • Conclusão da implantação do sistema CBTC (Communications-Based Train Control) na Linha 8
  • Eliminação das passagens de nível com construção de viadutos e trincheiras
  • Capacitação das linhas para aumentar a velocidade comercial, reduzindo o tempo de viagem e o headway
  • Reforma e modernização do sistema elétrico e via permanente

De acordo com a apresentação o edital de concessão será publicado no final de 2019.

A informação bate com nosso questionamento hoje ao Secretário Alexandre Baldy no evento em Varginha. Perguntamos se a promessa do edital se mantem para até final do ano e ele responde determinado:

não é promessa. É compromisso

Confira em áudio e também o que ele falou sobre o impacto da concessão nas outras linhas:

Secretário dos Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy sobre concessão das Linha 8 e 9

Trem Intercidades

No TIC é deixado claro que “o projeto prevê no primeiro momento o eixo São Paulo / Campinas / Americana” – deixando margem para ir além de Americana.

De acordo com a apresentação o TIC terá 135 km e previsão de demanda de 470 mil passageiros/dia. Sobre prazos, os planos são de publicar o edital no final de 2019.

Sobre os benefícios:

  • Serviço de trens expressos, com poucas paradas, aplicáveis a distâncias intermediárias, entre 50 km e 200 km
  • Carros de passageiros possuem nível de conforto elevado
  • Redução do tempo de deslocamento (velocidade máxima dos trens acima de 120 km/h)
  • Transporte diferenciado: carros climatizados, prestação de serviços de bordo e disponibilização de wi-fi
  • Sustentabilidade: redução do consumo de combustíveis fósseis
Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

8 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

  • O projeto do TIC é bom, mas tomara que não permaneça no papel e que o governo tenha competência para atrair investimentos e escolha corretamente as concessionárias. Apesar disso, é muito cedo para tentar parabenizar, sobretudo vindo de uma pessoa como o Doria; deixe-o mostrar realmente serviço e, se merecer, virá o elogio.

  • Parabéns ao Governo de São Paulo pelos novos projeto, pois, investir em transporte de massa é de extrema importância, afinal, o Brasil pela extensão de seu território já deveria estar com uma malha ferroviária muito maior.
    Voltando a São Paulo, por exemplo, já deveria ter uma ramificação ferroviária, tanto para carga como para passageiros que ligasse a Capital ao todo Vale do Paraíba, tendo como final a cidade de Aparecida, isso iria beneficiar milhares de brasileiros/dia e tiraria uma grande quantidade de veículos na Via Dutra, Rod. Airton Senna.

    Pense nisso governador!

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??