Linha 5 Metrô

Bombardier pretende liberar Frota F nos próximos dias

Frota F da Linha 5 Lilás na cor Lilás
Frota F na cor lilás (Carlos Vitor Busólogo Guarulhense)

Apesar de falarmos bastante dos trens da Frota F, nosso interesse no seu retorno não é apego nem saudosismo. É necessidade. A Linha 5 Lilás precisa que eles voltem a operar e isso depende da Bombardier.

Desde o início do horário integral da Linha 5 Lilás em outubro de 2018, os meses de fevereiro e março de 2019 estavam em nosso calendário pois seriam meses em que a demanda histórica seria superada e a tendência é só aumentar.

Com isso o retorno da Frota F seria uma necessidade para garantir o atendimento da demanda da linha com conforto aos passageiros e para ter uma certa folga na operação tendo mais trens a disposição. Inclusive ajudando no processo de manutenção dos trens.

A Estação Santo Amaro é perceptível o aumento do volume de passageiros. Houve um aumento significativo na quantidade de embarques sentido Chácara Klabin no pico da manhã e no sentido Capão no pico da tarde.

Como os trens chegam cheios no pico da manhã sentido Klabin, e por mais que tenha um significativo volume de passageiros desembarcando, somente alguns poucos passageiros conseguem embarcar. Outros tantos preferem esperar o próximo trem. E há ainda os polêmicos passageiros que forçam o embarque, no carro já lotado, causando reclamações dos outros usuários.

Atualmente quando há problemas na linha, é realizada a troca de comando no Largo Treze, com o esvaziamento do trem para prestar serviço no sentido contrário. Mas é uma estratégia que na minha humilde opinião só deve ser feita em caso de falhas graves.

Com a volta da Frota F na Linha 5 o headway (intervalo entre os trens) poderá ser menor. Mas, muito provavelmente, em Santo Amaro seja necessária uma segunda e inevitável atitude: trens estratégia.

Perguntamos para a ViaMobilidade se eles planejam utilizar trens estratégia e a resposta foi:

“A ViaMobilidade, responsável pela operação manutenção da Linha 5-Lilas, informa que aguardará o recebimento de todos os sistemas e equipamentos do Pátio Guido Caloi para definir a estratégia operacional”

Sobre o aumento da demanda da Estação Santo Amaro:

A concessionária esclarece que a Estação Santo Amaro registrou um aumento de 6,8% de passageiros nas duas últimas semanas de fevereiro (de 11 a 15 e de 18 a 22) em comparação à primeira semana do mês (de 4 a 8). Entretanto, a ViaMobilidade informa que o aumento não é exclusivo da Estação Santo Amaro. Nas duas últimas semanas de fevereiro (de 11 a 15 e de 18 a 22), houve um acréscimo de 7,4% de passageiros na Linha 5-Lilás como um todo em comparação à primeira semana do mês (de 4 a 8), uma movimentação natural prevista para toda a malha metroviária ao longo do ano.”

Pátio Guido Caloi

Essa injeção de trens estratégia em tese deve ser feita a partir do Pátio Guido Caloi – que ainda não foi entregue por completo à concessionária.

A previsão do Metrô é que o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) seja feita no final de março, com a emissão do AVCB prevista para o mês de abril/19.

Nesse meio tempo estão sendo feitos os testes de sinalização do Pátio – com previsão de término para final de março. Testes inclusive com os trens da Frota F.

Logo da concessionária já está na caixa d’água do Pátio Guido Caloi

Frota F

Ao final da visita as obras da Estação Campo Belo da Linha 5 Lilás, o Presidente do Metrô, Silvani Alves Pereira, respondeu ao nosso questionamento do status da modernização da Frota F com o sistema de sinalização CBTC e ele nos disse que já tem 3 trens prontos da Frota F para serem utilizados.

Um deles, o 505, já vem sendo usado pela ViaMobilidade para treinamento dos operadores. Tanto é que publicamos já algumas fotos e vídeos em nossas redes sociais deles na Estação Capão Redondo e na via 60 (mais popularmente chamada de via auxiliar).

Mas para eles operarem comercialmente, não basta estar pintado de Lilás e adesivado. Como eles foram modernizados para usar o sistema de sinalização CBTC, a Bombardier precisa emitir a licença de funcionamento da Frota F, de acordo com o Metrô.

Licença essa prevista para ainda esse mês, fevereiro de 2019 – mês que termina em alguns dias.

No final do ano passado enviamos uma sugestão para a concessionária ViaMobilidade para realizar um evento de retorno da Frota F. Resta saber se a ideia foi aceita e será realizada.

Enquanto isso, fique com um vídeo do 505, já na cor Lilás, em testes na plataforma da Estação Capão Redondo:

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

2 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??