CPTM

Renovação da frota da CPTM reduz impactos ambientais

Série 8500 da CAF Brasil (CPTM)
Série 8500 da CAF Brasil (CPTM)

A renovação da frota da CPTM, nos últimos anos, vem contribuindo também para o meio ambiente. As novas composições têm mais eficiência energética, já que seus sistemas eletrônicos permitem a regeneração de energia elétrica durante as frenagens.

Entre 2015 e 2018, houve redução de 12% no consumo de energia de tração por quilômetro rodado pelos carros, sendo que nesse mesmo período foi registrado crescimento de 4% no número de passageiros transportados e de 11% na quilometragem dos carros.

Por utilizar tração elétrica (energia limpa), os trens propiciam redução do consumo de combustíveis fósseis, com consequente redução na emissão de gases de efeito estufa e poluentes. A intensificação do uso do transporte ferroviário implica na diminuição dos deslocamentos por outros meios de transporte (ônibus e automóveis) e, consequentemente, reduz custos e acidentes associados a esses meios.

No contexto geral, ao proporcionar viagens mais rápidas aos cidadãos, a CPTM também contribui para ampliar o tempo livre para lazer e educação e para a redução de:

  • emissão de poluentes
  • consumo de combustível
  • do custo operacional de ônibus e automóvel
  • do número de acidentes
  • do tempo de viagens

Os benefícios socioambientais, valorados economicamente na ordem de R$ 11 bilhões, considerando a redução de acidentes, de tempos de viagem, da emissão de poluentes e do consumo de combustível, entre outros.

Sustentabilidade – Reutilização de solo

Com o objetivo de poupar o consumo de recursos ambientais e financeiros do poder público e reduzir impactos socioambientais causados pela extração e destinação de solo, foi planejado e implantado um programa de reutilização de solo para as obras de readequação das estações Quitaúna, Jardim Belval e Jardim Silveira da Linha 8-Diamante.

De um total de 11.521,77 m³ de solo movimentado, 69% foram reutilizados na própria obra.

Plantio de árvores

Em 2018 foram plantadas 6.669 mudas de árvores nativas em atendimento à compensação ambiental por obras nas linhas 7-Rubi e 13-Jade.

Font: release de imprensa

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

1 comentário

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??