Linha 18 Linha 6 Metrô

Orçamento de 2019 prevê 40 reais para Linha 18 Bronze

monotrilho-linha-18
Monotriho da Scomi

O projeto de Lei 615 de 2018 publicado no Diário da Assembléia em 29/09/2018, que tem como objetivo “Orçar a Receita e fixa a Despesa do Estado para o exercício de 2019” e nele por enquanto somente aloca R$ 40 para a Linha 18 Bronze. No site da Assembléia constam 792 emendas de pauta.

Listado no documento como programa 26.453.3708.2474 e ação “Concessão Da Linha 18 Bronze de SP – Tamanduateí a Djalma Dutra – Monotrilho” conforme abaixo.

Em contrapartida o orçamento para Linha 6 Laranja do Metrô é de R$ 704 milhões mas ainda tem toda uma questão judicial a ser resolvida. Além disso esse valor parece ser muito pouco. Talvez somente para futura manutenção dos canteiros quando ficarem a cargo do Metrô.

Linha 18 Bronze Orçamento 2019

 

Em outra parte do documento nem existe meta para o percentual de avanço físico da obra da Linha 18 Bronze, diferente do programa da Linha 6 Laranja que prevê 4,4%

Meta Linha 18 Bronze 2019

Meta Linha 6 Laranja 2019

Conclusão

Será que ainda há chances para a Linha 6 e a Linha 18 em 2019 ? Cobrem seus deputados! Ainda dá tempo!

Etiqueta
Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

7 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

  • Será se existe a possibilidade do governo por meio do metrô assumir o abacaxi, quer dizer a obra da linha laranja até o fim de 2019? Ou o próximo governador transferirá esses 700 milhões para a expansão da linha 2 verde?

    • Fabio, a concessionária ingressou com pedido de rescisão judicial do contrato de concessão da Linha 6 – Laranja em janeiro de 2018. Logo após, o Governo do Estado iniciou processo administrativo visando à decretação da caducidade do contrato, a fim de que o Metrô assuma a obra, para então decidir se irá refazer a licitação, ou concluir as obras por esforço próprio.

      Qualquer um dos resultados (quer seja a decretação da caducidade do contrato, quer seja a rescisão judicial do contrato em favor da Move São Paulo) implicará em indenizações milionárias a serem pagas pelo Estado de São Paulo.

      De toda forma, o “caixa” do governo já contém mais de 1 bilhão de reais reservados para pagamento das obras da Linha 6, quantia à qual se somara o que sobrar desses quase 700 milhões, após os pagamentos devidos, incluídos aí os custos com a manutenção das obras civis já realizadas.

      Esse montante de dinheiro congelado já inclui parte do dinheiro originalmente destinado à expensão da Linha 2, razão pela qual é bastante improvável que qualquer quantia seja retirada do orçamento da Linha 6.

  • Boa noite

    Se de fato o orçamento é limitado, que em 2019 priorizem as finalizações das linhas:
    》4 até Vila Sônia;
    》5 com Campo Belo;
    》 15 até São Mateus;
    》17 no trecho Congonhas a Morumbi CPTM.

    • Na realidade a Campo Belo é pra sair este ano, a linha 4 ja está em andamento a Vila Sonia, mas só sairá em 2020, a linha 17 está em passos de tartaruga, ja quanto a Linha 15 eu não sei.

  • Absurdo como é tratada a linha 18-bronze do metrô de São Paulo . É um descaso total, há muitos anos existe o projeto que vem sendo prorrogado inicio das obras por várias vezes. Qual será o grande problema com esta linha 18?

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??