Linha 1 Linha 2 Linha 3 Metrô

Metrô faz chamamento público: leasing de 19 novos trens

Pátio Jabaquara do Metrô
Pátio Jabaquara do Metrô

O Metrô tornou público o chamamento público para recebimento de manifestações de interesse relativas ao desenvolvimento de estudos técnicos, financeiros e legais para a aquisição de 19 trens novos, por meio de leasing, para a Linhas 1 Azul, Linha 2 Verde e 3 Vermelha

De acordo com o chamamento “a aquisição dos trens, por meio do leasing, tem se mostrado uma alternativa em diversos sistemas metroviários no exterior, como o de Lisboa, Madri e Delhi, entre outros”

As manifestações de interesse deverão ser entregues na Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô – Rua Boa Vista, 175 – Bloco B, 3º andar, Gerência de Contratações e Compras, até às 16:30h do dia 04 de fevereiro de 2019

Características

As principais características são.

  • Composição de 6 carros (A+B+B+B+B+A) em aço inox (carros A com cabine de condução)
  • Comprimento total do trem de 132.700
  • Largura máxima da caixa de 3.100mm
  • Altura máxima do piso em relação ao topo do boleto de 1.110
  • Diâmetro da roda do trem de 830
  • Tensão nominal de alimentação elétrica do 3º trilho de 750Vcc
  • Bitola nominal do rodeiro de 1.600mm
  • 2 truques com 2 eixos cada, por carro
  • 22 eixos motorizados e 2 eixos livres
  • Modos de operação Automático e MCS (CBTC e ATC) e Manual
  • Possui infraestrutura para receber automação UTO
  • Velocidade máxima de projeto de 100 km/h e operacional de 90km/h
  • Capacidade de transporte de 2.000 passageiros
  • Sistema de Tração com motor AC
  • Sistema de Inversor Elétrico para suprir sistemas e conjunto de baterias
  • Sistema de freio elétrico e por atrito, com sistema de anti deslizamento
  • Sistema de ar comprimido e secador
  • Sistema de detecção e extinção de incêndio
  • Portas com acionamento elétrico (8 por carro) e largura livre de 1.600mm
  • Sistema de comunicação e CFTV
  • Passagem livre entre carros (Gangway)
  • Mínimo de 2 unidades de ar condicionado por carro
  • Linha de alimentação permanente por bateria
  • Iluminação LED alimentado por tensão de bateria
  • Painéis multimídias no salão
  • Mapas de linha – painel digital e programável
  • Sistema de registrador de eventos dos equipamentos e sistemas
  • Rede de dados preparada para monitoramento remoto
  • Implementação de sistema de inspeção e diagnóstico de via permanente em dois carros de trens distintos

Modernizações

O Metrô também planeja futuramente a troca do sistema de portas por sistema elétrico das Frotas E, I, K e L alem de uma atualização tecnológica da Frota E.

Conclusão

Particularmente gostei a decisão dos novos trens terem automação UTO –  Operação do Trem não atendida, ou seja, trem sem condutor. É o mesmo sistema dos trens da Linha 4 Amarela e da Linha 15 Prata.

Mas para isso acontecer, as portas de plataforma das 3 linhas tem que estar instaladas e funcionando. O processo licitatório de novas portas ainda está em andamento.

Já a previsão do CBTC, que também é necessitária para a operação UTO, é de final de 2020 para a Linha 3 e final de 2019 para da Linha 1.

Quem quiser ler mais a respeito recomendo essa apresentação realizada pelo Jorge Martins Secall em 2008 na 14ª Semana de Tecnologia Metroferroviária da AEAMESP.

E esse trabalho do Paulo Resende Lima que expõe a solução – na época – a ser implantada para a Sinalização e Controle do monotrilho da linha 15. Trabalho apresentado 19º Semana de Tecnologia Metroferroviária.

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

10 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??