CPTM Linha 10 Linha 11 Linha 13 Linha 7 Linha 9

CPTM faz balanço de 100 dias da nova gestão

Série 9500 (CPTM)

Hoje completam 100 dias da nova gestão da CPTM, sob comando do Presidente Pedro Tegon Moro e no Governo do Estado, sob comando do João Doria.

A CPTM, também fez um balanço dos 100 primeiros dias da nova gestão: “Já foram três meses de trabalhos intensos na CPTM para melhorar a oferta de transporte à população

  • Linha 11 Coral: “Atendendo a uma reivindicação antiga dos moradores do Alto Tietê, a CPTM fez as obras de energia para implantar de forma integral o Expresso Leste-Mogi, na Linha 11-Coral. Isso quer dizer que as viagens da Estação da Luz a Estudantes podem ser feitas sem transferência em Guaianases em todo o horário comercial. A medida deve beneficiar ao menos 230 mil pessoas, público que atualmente já utiliza o trecho
  • Ampliação do Serviço Connect: “Desde o dia 2 de abril, a CPTM oferece mais viagens entre as estações Engenheiro Goulart e Brás na Linha 13-Jade, sem precisar fazer transferência na Linha 12-Safira.
  • Expresso Linha 10+: “Pensando em quem vai da região do ABC ao Centro de São Paulo para se divertir e fazer compras aos sábados, nasceu o projeto do Expresso Linha 10+. O serviço, na Linha 10-Turquesa, sai da estação Santo André e vai até a Luz, todos os sábados.
  • Novos trens: “A Linha 7-Rubi recebeu mais três novas composições, desde o início do ano. No total, do lote de 65 composições encomendadas pela CPTM, 61 já foram entregues para modernização das linhas 7-Rubi e 11-Coral.
  • Estação João Dias: “outro destaque nesse início de gestão é um novo modelo de parceria com a iniciativa privada para a construção de estação. Pioneiro no Estado, o projeto traz benefícios para a CPTM, para os passageiros e para o setor privado. As obras da Estação João Dias, na Linha 9-Esmeralda, serão bancadas por uma empresa que vai erguer um empreendimento imobiliário junto ao local. A iniciativa privada vai arcar com 75% dos custos. A parte do investimento que cabe ao Governo do Estado cobre desvios necessários na via para realização da obra.”
  • Acessibilidade nas estações: “As estações estão sendo modernizadas, para atender melhor aos passageiros e oferecer condições de acessibilidade para quem precisa. Das 94 estações da CPTM, 62 já estão adaptadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.Com um investimento de cerca de R$ 630 mil, foram concluídas neste ano as obras de acessibilidade da estação Mogi das Cruzes. O saguão foi ampliado e os passageiros contam com sanitário acessível, rampas com corrimão, piso tátil direcional e de alerta nas plataformas. Também foram feitos ajustes nas bilheterias com a ampliação do balcão. As estações Jaraguá, Santa Teresinha, Guapituba, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Antonio Gianetti também estão em obras e até o fim deste ano terão o projeto de acessibilidade concluído.”
  • Estação Francisco Morato: “A nova estação terá 6 mil m² de área construída, três plataformas, três elevadores, cinco escadas rolantes, dois acessos externos e passarela externa aberta 24 horas, contará com todos os itens de acessibilidade e será interligada com o terminal de ônibus municipal.
  • Extensão da Linha 9: “Já a ampliação da Linha 9-Esmeralda até o extremo sul da capital, Varginha, vai beneficiar moradores de Estrada dos Mendes, Varginha, Vila Natal, Jardim Icaraí, Jardim São Bernardo e Conjunto Residencial Palmares, locais muito carentes de transporte público. A demanda é estimada em cerca de 110 mil passageiros por dia. As obras civis avançam e em breve será assinado o último contrato do empreendimento.
  • Serviço público: “Pensando no passageiro de uma forma abrangente, a CPTM faz parcerias com outras secretarias para oferecer serviços além do transporte. No primeiro trimestre, na área de saúde, foram realizadas 250 ações nas diversas estações, abrangendo todos os municípios com campanhas de vacinação de febre amarela, sarampo, DST, dengue, pressão arterial e outros.

E conclui: “Os primeiros resultados vão ao encontro das prioridades da nova gestão: melhorar cada vez mais a viagem dos passageiros, investindo em infraestrutura e novos serviços.

Conclusão

Espero que a cada fim de trimestre a CPTM também possa divulgar as ações realizadas. Quanto mais transparência melhor.

Avatar

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

2 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

  • Não estou vendo nada na linha 9 esmeralda sobre as obra das duas últimas estações, só vejo demolição de casa em volta. Isso sempre teve desde o início das obras ate mesmo das estações do metrô que ficaram só no papel, já estamos quase no mês 5 vai ser mas um ano de enrolação.

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??