Linha 17 Linha 5 Metrô

Metrô assina aditivo para a Estação Campo Belo da Linha 5

No mesmo dia em que todos nós estávamos deslumbrados com as inaugurações das Estações Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin da Linha 5 Lilás, o Metrô assinou um segundo aditivo para as obras da Estação Campo Belo.

Lembram que em agosto fiz um artigo sobre um aditivo das obras das recentes inaugurações? Na época elas estavam prometidas para agosto e a Assessoria de Imprensa do Metrô disse que ele não impactaria no prazo das inaugurações de agosto? E que no final das contas de fato impactou ficou para setembro? Então…

Hoje divulgo um novo aditivo assinado pelo Metrô no dia 28 de setembro de 2018 do contrato de “execução de obras civis no Viaduto Santo Amaro; na Estação Campo belo e no poço VSE Jesuíno Maciel da Linha 5 – Lilás

Aditivo Estação Campo Belo

Assim o novo prazo de conclusão da Estação ficará para o primeiro trimestre de 2019. O aditivo prorroga em 3 meses e 9 dias o prazo de vigência contratual. Não necessariamente a obra irá demorar tudo isso pois ainda tem a desmobilização da obra. Então na minha análise o novo prazo será fevereiro de 2019.

A Estação

Para quem não sabe, o novo viaduto faz parte da Estação. Ela ficará por baixo do viaduto no lado centro e contará com dois bicicletários e uma nova parada de ônibus, alem de um grande projeto de reurbanização.

O Ferroviando analisou o projeto executivo e fez uma sobreposição da imagem do Viaduto Santo Amaro e da Estação Campo Belo com imagens do Google Earth para os nossos leitores terem uma noção da reurbanização que a Estação causará na região. Vejam também onde serão as entradas da estação. Confira:

Novo Viaduto

Quem acompanha nossas redes sociais sabe que semanalmente postamos fotos da evolução das obras do Metrô, incluindo a construção do viaduto da Av. Santo Amaro sobre a Av. Roberto Marinho e tem ciência que o prazo de dezembro realmente não era factível.

Recentemente foi feita a junção dos balanços sucessivos conectando o viaduto do lado centro com o lado bairro e foi iniciado o lixamento e a pintura tinta anti-vandalismo. Vejam algumas fotos de 30 de setembro:

Conclusão

Não, não contatamos o Metrô para dar uma nota sobre esse aditivo. O motivo é simples: a resposta seria que não teria impacto no prazo. A título de exemplo, semana passada questionamos o Metrô sobre a retomada do contrato de lançamento de vigas-trilho da Linha 17 Ouro. Fizemos – modéstia parte – perguntas bem elaboradas e a resposta foi curta:

Perguntas do Ferroviando:

  1. Qual a previsão para a retomada de fato desse contrato?
  2. O que foi feito pelo consórcio nesses 50 dias após a decisão da justiça?
  3. Teremos lançamentos de vigas-trilho nesse trecho da marginal ainda esse ano? Se sim, quando?
  4. Qual o novo prazo de entrega da obra? 2019 já não é mais factível
  5. A Scomi já construiu pelo menos uma composição do monotrilho?
  6. Qual a previsão de chegada do primeiro monotrilho da Scomi?
  7. Quando as obras no saguão do Aeroporto de Congonhas serão iniciadas?

Resposta do Metrô: “Sobre o referido contrato, o Metrô está em processo de renegociação de cronograma.”

Não é fácil ser blogueiro….

 

Fernando Galfo

É engenheiro por formação e entusiasta de obras de mobilidade urbana. Utiliza transporte individual na maioria das vezes mas acompanha e sabe da real e urgente necessidade de investimentos em infraestrutura e principalmente em transporte público aliadas com políticas públicas de redução da pendularidade do sistema de transportes

11 comentários

Clique aqui para deixar um comentário

Follow on Feedly
error: Hum, não vale copiar né??